por ANTONIO MENDES DA SILVA FILHO

Doutor em Ciência da Computação (UFPE)

 

O papel da tecnologia da informação e comunicação na melhoria do processo de ensino e aprendizagem

 

“It is a miracle that curiosity survives formal education”. Albert Einstein

 

Começa a se tornar comum nas escolas e universidades o uso de tecnologia da informação e comunicação (TIC) como recurso para melhoria do processo de ensino e aprendizagem. A incorporação de elementos multimodais incrementa os documentos digitais (isto é documentos com recursos de natureza multimídia) bem como melhora a acessibilidade a esses documentos. Isto vale para todos os indivíduos e também àqueles que possuem alguma deficiência. Trata-se de uma tecnologia que oferece múltiplas perspectivas as pessoas facilitando o processo de assimilação de algum conhecimento novo. Isto é ótimo para o processo de aprendizado.

Perceba que o conhecimento codificado em documentos (e outros textos) possui, em geral, diferentes representações e as pessoas, similarmente, têm diferentes capacidades de assimilarem novos conteúdos. Note ainda que o entendimento de um novo conceito e aquisição de novo conhecimento depende da maneira que ele é apresentado às pessoas. O processo de aprendizado é altamente dependente da maneira que o indivíduo aprende. Dessa forma, documentos digitais que incorporam múltiplos recursos, isto é, possui vários recursos multimodais e interativos (isto é de natureza multimídia). Utilizar tais recursos, por exemplo, torna mais fácil o ensino e aprendizado de conceitos abstratos já que apresenta o novo conceito sob diferentes perspectivas. Um exemplo evidente é o uso da simulação como recurso para facilitar o aprendizado de novos conceitos. Exemplos de uso applets são ilustrados em http://polymer.bu.edu/wamnet.html e http://www-groups.dcs.st-and.ac.uk/~history/Java/index.html.

Vale observar que maioria do material de ensino disponível hoje na Web está no formato HTML, o que limita a possibilidade de apresentar conteúdos multimodal e interativo. Essa situação, contudo, começa a mudar com o uso da linguagem XML (Extended Markup Language) combinado com outras aplicações, tais como MathML, SVG e SMIL. A XML oferece mais flexibilidade comparativamente a HTML. Se considerarmos o uso de MathML (www.w3.org/TR/REC-MathML), vê-se que ela é uma aplicação que oferece aos usuários recursos para processar e exibir conteúdo de matemática na Web. Isto pode ser feito mais facilmente com o uso de uma ferramenta de autoria e browser Amaya (http://www.w3.org/Amaya/). Trata-se de uma ferramenta de código aberto disponibilizada pelo Consórcio W3C. Outras aplicações que podem ser utilizadas em conjunto com a XML compreendem SVG (http://www.w3.org/Graphics/SVG/) e SMIL (http://www.w3.org/AudioVideo/).

Embora as aplicações mencionadas acima (MathML, SVG e SMIL) já estejam disponíveis e possam ser utilizadas como recursos para incrementar o processo de ensino e aprendizagem, seu uso para este fim tem sido módico. Parte se deve ao desconhecimento e parte devido a falta de incentivos no sentido de aprimorar as formas atuais de aprendizado.

Adicionalmente, observa-se que esforços de pesquisa têm se concentrado em estudos e testes empíricos, visando compreender e modelar a forma através da qual as pessoas executam suas tarefas, buscando-se capturar todos os aspectos das experiências e interações humanas no uso de ferramentas computacionais para o aprendizado. Nesse sentido, o ‘casamento’ do entendimento detalhado do ser humano com a compreensão aprofundada da tecnologia empregada permite a concepção e projeto de novos produtos.

Essa preocupação se estende ao uso das TIC’s visando a melhoria do processo de ensino e aprendizagem. O uso das TIC’s na educação auxilia a compreensão de, por exemplo, conceitos abstratos visto que os estudantes podem alterar variáveis e verificar as mudanças resultantes. A disponibilidade do imenso armazém de dados que é a Web combinada com o uso de aplicações como MathML, SVG, SMIL oferece diversas perspectivas que podem ser exploradas pelo aprendiz, tornando a aquisição de novos conhecimentos mais fácil.

Perceba que as ‘fronteiras’ da sala de aula estão em processo de mutação, facilitando cada vez mais o processo de consulta, ensino, aprendizado e colaboração entre estudantes, professores e profissionais de várias especialidades. Uma modesta parcela dos educadores já percebeu a riqueza das TIC’s e como elas podem aprimorar o processo de aprendizado. Todavia, é preciso ampliar esse número de modo a gerar multiplicadores para que uma parcela maior da sociedade possa se beneficiar.

 

Leitores interessados no tópico podem encontrar mais informações no sites:

http://www.espacoacademico.com.br/041/41amsf.htm

http://www.maplesoft.com/standards/MathML/info.html

http://www.w3schools.com/smil/default.asp

http://www.w3schools.com/svg/default.asp

 

por ANTONIO MENDES DA SILVA FILHO

   

Clique e cadastre-se para receber os informes mensais da Revista Espaço Acadêmico

 

clique e acesse todos os artigos publicados...  

http://www.espacoacademico.com.br - Copyright © 2001-2007 - Todos os direitos reservados